Uma operação intra-uterina salva as pernas de um bebê

  January, 2020  

Uma operação intra-uterina salva as pernas de um bebê

Os avanços médicos às vezes trazem casos que parecem fictícios. A cirurgia fetal é uma das áreas que mais progride e, felizmente, muitas vezes hoje em dia é possível intervir no feto em que foram detectadas anormalidades para tentar salvá-lo ou curá-lo.

Nesse caso, cirurgiões australianos salvaram a perna de um feto de 22 semanas na primeira operação cirúrgica realizada na Austrália antes dos 7 meses de gravidez. Uma anomalia cortou o sangue que tinha que alcançar a perna esquerda do bebê e, se a operação não fosse realizada, eles teriam que amputar os membros ao nascer, com os quais o mérito e o sucesso são muito importantes.

A operação foi realizada no abdômen da mãe com um telescópio de dois milímetros de espessura que aplicava o laser necessário para cortar o tecido que impedia o fluxo sanguíneo da perna esquerda do feto.

Agora a mulher é internada no hospital onde a intervenção foi realizada, no Monash Medical em Melbourne, e a imaginamos muito feliz. Não é para menos.

Via | 20 minutos em bebês e mais | Mais avanços na cirurgia fetal em bebês e mais | O bebê operado com espinha bífida dentro do útero teve alta em bebês e mais | Em quais casos é realizado um ecocardiograma fetal em bebês e muito mais | Nasceu o bebê operado com espinha bífida dentro do útero